O Que é Pós-Graduação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
Imprimir

Pós-graduação

A pós-graduação, que pode ser Latu sensu ou stricto sensu, é uma formação acadêmica destinada a quem já concluiu um  curso de graduação e o que diferenciam os dois tipos são as cargas horárias e os níveis de complexidades.

Latu sensu 

Aperfeiçoamento

Eles têm menor tempo de duração se comparados à especialização, tendem a durar no mínimo 180 horas e são complementares à formação original. Nessa modalidade, não há a necessidade de apresentar um trabalho final para a conclusão do curso. No final do curso recebe-se um certificado e o portador é um aperfeiçoado.

Especialização

Para ingressar nessa modalidade de ensino superior, é necessário que o aluno tenha completado a graduação e corresponda aos pré-requisitos da Instituição onde ele deseja cursar a especialização. A duração mínima é de 360 horas; a especialização confere habilidades técnicas específicas a determinado tema, e pode ser exigida um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) para a concessão do certificado. O portador recebe o título de especialista, abreviação Esp., e por ser um curso de qualificação profissional o certificado serve para progressão funcional, prova de títulos, atuação em determinada área, dentre outras.

MBA

O MBA (Master Business Administration ou Mestre em Administração de Negócios) é um dos tipos de pós-graduação lato sensu. É uma especialidade direcionada especificamente a um segmento do mercado, focada no preparo de executivos na área de Administração de Empresas. A finalidade desse tipo de curso é aperfeiçoar os conhecimentos de profissionais em cargos de gestão e administração para lidar com negócios em geral. È equivalente a especialização.

stricto sensu

Mestrado acadêmico

Para ingressar neste curso é necessário ter uma graduação na qual o aluno pode ser bacharel, tecnólogo ou licenciado; além disso, o candidato deve já ter um pré-projeto, que será submetido a uma avaliação no processo seletivo para ingresso no curso. Além do pré-projeto, o aluno passará por mais algumas etapas de seleção, entre as quais estão: avaliação do currículo acadêmico, prova escrita, exame de língua estrangeira e entrevista com professores do colegiado. Quando cursado em instituições federais, principalmente, é gratuito e o mestrando pode receber uma bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/CAPES, ou de outro órgão de fomento a pesquisa durante o curso.

Esse é um modelo que requer mais dedicação, pois tem a duração de dois intensos anos de estudos. O mestrado é dividido em dois períodos, no primeiro, o aluno assiste às disciplinas obrigatórias do curso e passa pela avaliação de qualificação, que é uma banca avaliadora sobre o desenvolvimento do trabalho. Isso ocorre geralmente no primeiro ano. No segundo período/ano, finaliza a pesquisa e a escrita da dissertação, que é o trabalho final do curso, e passa por uma banca de defesa, se aprovada obtém o diploma e o título de mestre/mestra, cuja abreviatura é Me ou Ma. Nesta modalidade pode-se atuar na docência superior ou na pesquisa.

Mestrado profissional

Da mesma forma que o mestrado acadêmico, a duração desse curso é de dois anos, e sua finalidade é o aprofundamento do conhecimento profissional em um dado mercado por meio de técnicas específicas para uma atuação de excelência.

O ingresso nesse tipo de pós-graduação, voltado para o mercado profissional, também tem como requisito a conclusão do curso de graduação. Geralmente nesta modalidade de mestrado não há bolsas e geralmente é pago. Ao contrário do mestrado acadêmico, ao final do curso, pode ser elaborado um artigo ou uma dissertação, também com defesa. Em casos que envolvam áreas de desenvolvimento tecnológico, o trabalho final pode ser a apresentação de um projeto de inovação. No final do curso, se aprovado em banca, obtém-se o diploma e o título de mestre/mestra, cuja abreviatura é Me ou Ma. Nesta modalidade atua-se, sobretudo no mercado profissional.

Doutorado

O doutorado é o tipo de pós-graduação mais complexo, e costuma durar quatro anos. No Brasil, o processo seletivo é semelhante ao do mestrado, sendo o grau de mestre um pré-requisito para ingresso nesse curso. Quando cursado em instituições federais, principalmente, é gratuito e o doutorando pode receber também uma bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/CAPES, ou de outro órgão de fomento a pesquisa durante o curso.

O doutorado tem o objetivo de fornecer ao aluno um conhecimento mais complexo e aprofundado, por meio de estudos e amplas pesquisas, a fim de torna-lo uma autoridade na sua área de atuação. O doutorado geralmente é subdividido em duas etapas, na primeira que tem duração em torno de dois anos o doutorando cursa diversas disciplinas e nos dois últimos anos é dedicado as pesquisas, escrita, análises estatísticas, dentre outras, neste período faz-se também a qualificação que é um pré-requisito para a defesa da tese e tem como objetivo avaliar a maturidade e os conhecimentos científicos do candidato, bem como a existência de um conteúdo preliminar capaz de evidenciar um trabalho original compatível com uma tese de doutorado. Terminado a tese esta passa por uma banca de defesa de tese, se aprovada recebe-se o diploma de doutorado e o título de Doutor/Doutora, cuja abreviatura é Dr. ou Drª (apesar de usar-se muito este termo, na realidade, Doutor/Doutora é um título acadêmico, e só deve ser usado apenas para aqueles que concluíram um curso de doutorado, em instituições reconhecidas, independente da área de conhecimento). O Phd é o mesmo que doutor só que este foi cursado em instituições de língua inglesa, principalmente, ou quando o Dr./Drª foi traduzido para o inglês. Nesta modalidade pode-se atuar na docência superior ou na pesquisa.

Pós- doutorado ou Pós-doutoramento

Também chamado de postdoc (redução do inglês post-doctoral ou postdoctorate) ou pós-doc, refere-se a um estágio de estudos e pesquisas cumprido após o doutorado, ou seja, se deve ser doutor ou doutora no âmbito de uma universidade ou instituição de pesquisa, visando o aprimoramento de suas habilidades de pesquisador e preparando-o para uma carreira acadêmica.

Assim, é um estágio realizado por recém-doutores com menos de 10 anos desde a defesa de tese. Nesse estágio, o recém-doutor irá aprofundar os seus conhecimentos em um determinado tema de pesquisa. O período de duração, no Brasil, pode ser de 6 meses a 2 anos. O Pós doutorando pode receber uma bolsas do Programa Nacional de Pós Doutorado/PNPD da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/CAPES. No pós-doutorado não há necessidade de cursar disciplinas ou defender algum tipo de tese. Ele está voltado exclusivamente à pesquisa. No final do curso recebe-se um certificado e o título de Pós-Doutor, abreviação postdoc ou pós-doc.

Prof. Dr. Mozart Duarte Barbosa