Notícias

Nota de Esclarecimento Destaque

Veículos jornalísticos de nossa cidade veiculam notícias não esclarecedoras sobre nossa nota no ICG do MEC, levando a sociedade arcoverdense a conceituar negativamente o trabalho de uma IES séria como a nossa.

Divulgam, em letras garrafais, que estamos entre as piores IES do Brasil. Precisamos esclarecer que não temos vinculação administrativa com o MEC e sim com o Conselho Estadual de Educação -CEE, o que nos coloca na posição de não sofrermos qualquer sanção administrativa, pois o CEE de Pernambuco não tem legislação para o caso.

Nossa participação se dá somente pela iniciativa de avaliarmos nosso trabalho ao passar de cada triênio. Em 2011 nossa nota no IGC foi 1,212 e agora em 2014 subimos para 1,944. Essa nota de 1,944 coloca o CESA com IGC contínuo 2. Para termos alcançado a nota alardeada 3, precisaríamos somente de mais 0,002 pontos.

Entre as Autarquias avaliadas, fomos a de maior nota, fruto de investimento pedagógico e físico ao longo do último triênio. Temos que ressaltar que variáveis importantes nos colocam em posição negativa como a atual no IGC, como por exemplo, nosso regime de trabalho que em uma variação de 0 a 5, nos classificou como nota 0 pois nosso regime é horista. Não poderíamos pedagogicamente mudar tal situação. Esse item influencia cerca de 30% da nota inicial, daí um grave prejuízo.

Defendamos nossa IES esclarecendo as melhorias e os projetos de ainda maior valor no futuro. Estamos redesenhando o CESA que queremos e união é fator importante. Votos de um Feliz Natal e Próspero 2016.

Prof. Franklin Freire - diretor do CESA.